Artigos sobre cultura em geral combinados com dicas de looks para todos os gêneros, faixas etárias e tipos físicos. Curiosidades e informações sobre o mundo da moda e outras culturas. Agregando valor não só ao seu guarda-roupa!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Falta de Bunda: como disfarçar

Esses dias estava conversando com uma amiga minha, que não tem bunda, e percebi o quanto é difícil esse negócio de tentar valorizar os pontos fortes e disfarçar os fracos. Além de bunda achatada, essa minha amiga tem o quadril largo. Aí é que inicia a dificuldade, precisamente entre a traseira e a lateral de uma mulher. Se pensarmos só na questão “bunda achatada”, sem considerarmos mais nenhuma variável, o problema fica facilmente resolvível. É só usar peças da cintura para baixo que criem volume. Pronto, fácil. Só tem um  porém: para a mulher que tem o quadril largo, criar volumes extras é justamente o que devemos evitar. É por isso que não gosto de classificar os tipos físicos em triângulo, triângulo invertido, retângulo e por aí vai. Essa geometria estética nem sempre dá certo. Principalmente porque não leva em consideração nem bunda e nem pernas.

Voltando ao caso da minha amiga, é preciso achar um meio termo. Como se fossemos fazer um bolo para a qual não temos a receita explicadinha tim tim por tim tim. A diferença é que no caso de escolher uma roupa é mais fácil. Podemos colocar um ingrediente, tirar outro e trocar um por um outro caso não dê certo. Até acharmos a medida certa. É desta forma que conseguimos vestir pessoas de todos os tipos físicos: sem receita alguma e com muita imaginação e bom senso. Se você precisa criar volume em uma parte do corpo, por exemplo, e tirar de outra, a ideia é combinar dois elementos: um que aumente e outro que diminua.

Exemplos de aumentadores:
Cores Claras
Pregas
Babados
Trabalhos no tecido
Brilhos
Estampas com fundo Claro
Contraste de cores (a mais clara para onde deseja-se aumentar e a escura para onde deseja-se diminuir)

Exemplos de diminuidores:
Cores Escuras
Corte Retos
Estampas com fundo escuro
Contraste de cores (a mais clara para onde deseja-se aumentar e a escura para onde deseja-se diminuir)

Assim, uma mulher de quadril largo e sem bunda pode optar por saias de paetê desde que sejam de caimento reto e, de preferência, de cor escura. Ou ainda, usar uma saia preta com um trabalho no tecido.

saia Balmain: brilho (aumentador) + caimento reto (diminuidor)

Vamos então falar dessa difícil realidade a ser enfrentada (especialmente no Brasil): a falta de bunda.
Se o seu problema for só a falta de bunda, a solução fica mais fácil. É só abusar de volumes, babados e pregas e fugir de roupas muito aderentes ao corpo.

Prefira calças com bolsos atrás ou qualquer outro adorno que torne a parte traseira do corpo mais volumosa (trabalhos no tecido, pregas, bolsos).

Rag & Bone

Agora, se você, como minha amiga, tiver outros problemas com os quais se preocupar, minha dica é que leia as dicas para as características que pretende disfarçar e escolha opções em comum, que não briguem entre si.
Por exemplo, se os problemas forem “bunda achatada” e “quadril largo, fuja dos babados e volumes (a não ser que sejam sutis) e prefira calças sociais retas, que não marquem os glúteos (de tecidos mais leves e maleáveis) e que tenham um bom caimento, sem gerar sobras de tecido.
Outra dica em comum é usar blazers e blusas mais longos.
A decisão mais adequada não é abolir certas peças de roupa do seu armário, mas usá-las da melhor maneira possível. É isso que permite à mulher sem bunda e de quadril largo usar saias de pregas ou babados. Usando uma tal saia em uma cor escura, o look está permitido. O que não pode é querer usá-la em uma estampa de flores pink com fundo branco.

Saias longas soltinhas ou mais curtas retas também caem bem neste tipo de corpo.

Preferir:

  • Saias com babados, pregas e trabalhos no tecido; ou então, saias retas, mas nunca muito justas (que acentuam a forma que estamos tentando disfarçar). Se tiver o quadril largo, opte por só um pouco de volume (como um trabalho no tecido ou pregas) e prefira as cores escuras.
  • Saias longas e soltas (se tiver o quadril largo, evite cores claras)
  • Calças de caimento bom (depende do tecido e da modelagem), que não permitam sobras no tecido
  • Paletós e blusas mais longos (que podem ser usados com calças/saias mais justas)
  • Cintos soltos sobre o quadril
  • Cintura mais baixa
Evitar:

  • Calças de tecidos rígidos (que fazem um efeito de fralda quando não conseguem  preencher a “poupança” ou a falta de)
  • Roupas muito justas, que fiquem muito coladas no corpo (a não ser que sejam usadas com casacos mais longos ou blusas compridas)
  • Saias ou calças justas com blusas por dentro
  • Blazers curtos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário